logo
Wrong email address or username
Wrong email address or username
Incorrect verification code
back to top
Search tags: Into-the-Vail
Load new posts () and activity
Like Reblog Comment
review 2014-12-01 03:18
Resenha: The Veilwalker Trilogy (Into the Veil, Through the Gloom, Across the Blood Red River) - Uma série que é uma verdadeira jóia escondida!

Como de costume para livros que não tem planos de serem lançados no Brasil, esta vai ser uma versão reduzida das minhas resenhas em inglês. Eu mesma perguntei para a Jennifer R. McDonald (tem como falar esse nome e não pensar na músiquinha da propaganda? Mac-donald!) se ela tem planas os de traduzir para outras linguas, e ela falou que por enquanto não, já que publica seus livros independentemente. Isso é realmente uma pena, já que esses estão entre os melhores livros que eu li esse ano, e se tornou uma das minhas séries favoritas. Vamos à resenha:

 

Into the Veil - 5/5 estrelas

O livro é narrado em primeira pessoa pela Lyric, uma menina de 16 anos que faz parte de um mundo paranormal que se move por entre o nosso - porém sem o conhecimento de humanos. Ela perece ser uma menina normal - fora a sua aparência meio fantasmagórica de olhos azuis claríssimos e cabelo loiro/branco, e a falta de amigos. Ela vai à escola, tem um irmão gêmeo chamado Lincon que é super charmoso, um pai que trabalha muito... Mas ela não é normal. Ela não tem amigos porque se muda muito, fugindo do seu próprio povo paranormal que poderia usar seus raros poderes contra eles.

 

Lyric e seu irmão são Veilwalkers, ou caminhantes do véu - isto é, o véu que separa o nosso mundo do purgatório. Eles estão na estrada desde o assassinato da sua mãe, que também era veilwalker mas foi morta pelos seus poderes. Mas o tem tem de mal em ser um caminhannte do véu? Bom, veilwalkers são os melhores espiões que existem, já que podem sair de seus corpos e andar pelo véu sem serem percebidos pelos outros seres vivos. e isso pode ser muito valioso.

 

Por isso ela não pode ter relações normais, nem com humanos nem com a sua gente. Eles são treinados como soldados pelo seu pai - um spell-caster (bruxo que faz poções e magia), que faria de tudo para mantê-los vivos. Além do seu irmão a única pessoa com quem ela fala é a Gemma, um espírito invocado que quer voltar para o véu, mas não pode já que Lyric e Lincon a tiraram de lá sem querer e não sabem colocá-la de volta! 

 

O livro é cativante, tem um ritmo super rápido e gostoso, e o mundo criado pela autora é muito consistente. Logo o começo o pai dela é raptado e eles obrigados a colaborar com um Clan de bruxos que tem, no mínimo, atitudes ambíguas. Com tanta maluquice acontecendo - ela junta vampiros, lobisomens, bruxos e outros seres que ela dever ter criado da cabeça dela - o mundo deve soar desorganizado, confuso e até meio clichê para você. Mas não é, juro!! É incrível como McDonald consegue fazer as coisas terem tanto sentido (ao ponto de eu me pegar pensando "Nossa, sem dúvida, é daí que vem este mito!") E ela faz isso sem esforço e sem parecer que está tentando te convencer.

 

Além disso, eu adorei o romance. Isso sem dúvida não é instalove, e também não é o foco do livro. Ele cresce de maneira orgânica, e é tão lindo que eu - romântica inveterada - não pude deixar de me derreter. Claro, é um livro Young Adult, com protagonistas extremamente jovens. Ela toma umas decisões mal pensadas, o que é de se esperar. Mas ela não é, nem de longe, burra. é uma protagonista forte e leal, que vale o título de heroína.

 

Through the Gloom - 4.7/5 estrelas

Em Through the Gloom Lyric está determinada a encontrar a verdade sobre a morte da sua mãe. A pessoa que ela ouviu ser o assassino a vida toda - e da boca do próprio pai - pode não ser bem o que parece. E Lyric não vai descansar até descobrir a verdade.

 

Esse livro do meio surpreende por não ser um livro "enche linguiça". a autora realmente explora os relacionamentos - da Lyric com o irmão, com o Aiden (o mocinho), com o seu mundo sobrenatural, e principalmente consigo mesma. Ela vai descobrir do que é capaz, em uma trama cheia de curvas e voltas inesperadas!

 

Across the Blood Red River - 4.5/5 estrelas

Já o último livro da série é sem dúvida o melhor. Ele satisfaz tudo que um último livro deveria: temos respostas para as principais perguntas, um final super real e lindo para o romance, a introdução de diversos novos personagens (assim como o desenvolvimento de vários outros), e principalmente um amadurecimento considerável para a nossa heroína. Tudo, menos um final! 

 

Por isso eu dei a nota menor. Ele não acaba realmente. Tudo bem, as coisas se resolvem, mas quem já ouviu falar em uma série que termina com um epílogo em que os personagens principais estão começando outra aventura? Tudo bem, a Jennifer está escrevendo uma outra série, chamada The Helios Chronicles (vai ser lançada em breve) que se passa neste mesmo mundo e que vai ter muitos dos nossos personagens favoritos. Mas mesmo assim, fiquei com um buraco aberto no meu coração... (tá bom, tá bom, sem drama!)

 

Minha nota: 5/5 (para a série como um todo)

Eu leria novamente? Sem dúvida

Eu vou ler outros livros da autora? Com certeza!
Eu recommendo? Sim, para fans de YA e fantasia que leiam em inglês e gostem de um mundo muito bem construído. Sério, eu não sei como esta série não é mais famosa! E ela é baratinha no Kindle, vale muito a pena!

Like Reblog Comment
review 2014-12-01 01:11
Review: Into The Vail (Veilwalker Trilogy, book 1) , by Jennifer R. McDonald - An amazing world and a delicious romance that you shouldn't miss!

Book description:

 

Life isn’t easy for a teenage veilwalker.

 

Lyric has been on the run for over a decade. Her brother is her only friend, her father treats her like a soldier, and after an ill-planned trip to purgatory she’s stuck with a bitterly displaced ghost.

Charles Hathor has problems of his own—problems he’s confident can be solved with the aid of Lyric’s realm-crossing ability. As the leader of a powerful coven, he’ll stop at nothing to ensure her cooperation. Kidnapping, extortion, maybe even murder; everything goes in his quest for retribution.

Alongside her twin, Lyric is forced back into the bowels of the magical world. But working for a vengeful warlock is not for the faint of heart.

Relationships will be tested. Unlikely alliances will be forged. And Lyric will discover enemies closer than she ever imagined.

This is the first book in Jennifer R. McDonald's Veilwalker Trilogy (And, on a personal note, I will review all of them!)

 

Review: 

 

* I received this book in exchange for my honest review*

Don't you hate it when a book keeps you up until three in the morning (even though you have to wake up at 6:30 to go to work) because it's so darn good? I don't! I love it!

I fell in love with Lyric and Lincon right away (what a great name, Lyric, by the way). They are Vailwalker twins, and possibly the last of their kind of mages. Veilwalkers are witches who can freely go (you guessed it) Into The Vail between our world and the next - what some people would call purgatory. And the reason that is great, other then they see dead people, is that the Vail and our world are connected. When they are in the Vail they can see and hear everything that happends in our world, making them the best spies anyone could ask for.

The world Jennifer McDonald created was one of the best aspects of the book for me. It talked about witches, werewolfs and vampires - all terribly familiar - in a strikingly unique way. There were other paranormal beings that were introduced as well, and even if I hadn't heard about them before, they felt right - like maybe McDonald had an insight into the actual magical world out there. Like maybe this world could be real, and we could be living in it.

All the chatecters were like that too - they felt real. Even in the very beginning when nothing much was happening, the main characters already showed they were strong, smart, independent and kind. The best thing about it was that I didn't notice the author trying to make me see them that way. The dialogs were smooth and witty, and McDonald introduced this remarkable world and adorable characters in a very fluid way. They sneak up on you, and when you realize you are already rooting for them. Sure, they are teens, and that shows sometimes in some impulsive reactions and questionable atitudes. But they were not stupid kids, by any means. All, including the secondary characters, were complex and multidimentional.

And I have to talk about the romance. It wasn't the main point of the book at all, and it wasn't particularly steamy either. But it was so sweet and it grew in such an organic way... It made me literally put my hand over my heart in a swooning gesture many times. I loved it and I can't even explain the reason for it that well.

For me, this book was very well rounded. It had likable and believable characters, an interesting plot set in an unique world, heart-melting romance, and incredible action all through out. I'm so glad I got to read it!

My rating: 5/5
Would I read it again? Yes
Do I recommend it? Yes! To any YA and Paranormal lovers. Buy it now, you won't regret it! I honestely can't believe it isn't more popular!

More posts
Your Dashboard view:
Need help?